Affiliate Marketing

Quais são os melhores plug-ins para o WordPress e como podem ajudar a aumentar a audiência do seu blogue?

Martin Trauzold
Última atualização julho 11, 202120 Minutos de leitura

Sendo uma das plataformas de blogging mais populares do mundo, o WordPress tem muitas vantagens especiais para bloggers. Entre elas estão os plug-ins, que para além do baixo custo, também estão adaptados ao serviço do WordPress. 

O que são os plug-ins para o WordPress?

Por vezes, a vertente técnica de um blogue pode ser ligeiramente avassaladora. Felizmente, esta é mais uma vantagem de trabalhar com o WordPress. Como um dos back-ends mais intuitivos e simples, a plataforma é apoiada por elementos de software opcionais: os plug-ins.

Alguns são adaptações comercialmente produzidas de serviços existentes como o MailChimp, enquanto outros podem ser ferramentas únicas criadas por utilizadores individuais. Atualmente, existem plug-ins para tudo.

Portanto, se precisa de ajuda para conseguir:

  • um carregamento de páginas rápido
  • uma melhor gestão de listas de correio
  • publicações adaptadas à otimização de motores de busca (SEO)

Então os plug-ins para o WordPress são a solução. 🙂 

Quais são os melhores tipos de plug-ins para o WordPress existentes?

Existe uma vasta gama de plug-ins disponíveis, por isso é importante separá-los em categorias. Os plug-ins podem servir vários propósitos distintos e, ao integrar vários no seu blogue, pode melhorar o seu crescimento e funcionalidade. 

1. Plug-in de SEO do WordPress

Melhorar a otimização de motores de busca (SEO) do seu site vai ajudar a melhorar a posição nos resultados dos motores de busca. No entanto, a instalação básica do WordPress deixa muito a desejar quando se trata de ferramentas de otimização de pesquisa.

A boa notícia é que existem diversos plug-ins de otimização de motores de busca (SEO) muito úteis, e pode inclusive descarregar muitos deles gratuitamente.

Estes plug-ins vão ajudá-lo a adaptar o seu site para que os motores de busca possam analisá-lo e avaliá-lo mais facilmente. Além disso, pode utilizar várias medidas de otimização de motores de busca (SEO) para posicionar melhor o seu site nos resultados de pesquisa, com o intuito de aumentar o número de utilizadores que clicam em links para o seu site.

2. Plug-in de cache e plug-in de velocidade de página do WordPress

Além de uma adaptação abrangente do seu site para a otimização de motores de busca (SEO), existem várias outras medidas que pode ter em consideração ao construir uma fundação forte para o seu website de Afiliados.

Um site com carregamento rápido é um critério importante para o posicionamento em motores de busca: para alcançar um posicionamento alto dentro de um motor de busca deverá garantir que o seu website oferece uma boa experiência de utilizador, entre muitos outros fatores. 

Resumidamente, o armazenamento em cache do navegador e servidor permite que os scripts e pedidos adicionais provenientes do seu site possam ser guardados pelo visitante.

Quando um visitante regressar à sua página, o navegador ou servidor vai lembrar-se do seu site, o que permitirá saltar alguns passos para o carregamento da página. Toda a informação e conteúdos são exibidos mais rapidamente e o seu visitante não terá de esperar sem motivo.

No entanto, é importante salientar que apenas precisa de um plug-in de cache. Ter mais do que um pode afetar a funcionalidade e a velocidade das páginas do seu site, o que vai anular quaisquer benefícios da instalação do plug-in.

3. Plug-ins do Afiliados Amazon

Agora que está num bom caminho para construir um website de Afiliados profissional e estável, chegou o momento de explorar outra categoria de plug-ins, que são de grande interesse para os membros do Programa de Afiliados da Amazon. 

Ao usar um plug-in do Afiliados Amazon, todas as informações do produto mantêm-se atualizadas de forma automática: por exemplo, o preço do produto exibido no seu site será sempre o preço atual da loja Amazon, fazendo com que não tenha de verificar regularmente o site da Amazon nem de atualizar o preço de forma manual. 

Apesar da vasta gama de plug-ins disponíveis para os dois tópicos anteriores, no que diz respeito aos plug-ins para Afiliados Amazon, recomendamos que seja seletivo. O Amazon Link, um dos plug-ins mais populares, está atualmente desatualizado. 

Uma ótima alternativa é o Amazon Auto Links, que é gratuito e pode ser descarregado a partir do diretório oficial de plug-ins do WordPress. Este plug-in também tem acesso à API de publicidade de produto (PA API) da Amazon e fornece informações atualizadas em tempo real. Esta informação pode ser exibida ao lado de links de texto normais e de miniaturas.

Pode configurar várias ajustes através das opções de configurações de plug-in no back-end do WordPress. Dica: os parceiros da Amazon que já fazem parte de diversos programas de afiliados em diferentes territórios, podem usar o plug-in em diversos países.

Quais são os cinco melhores plug-ins gratuitos do WordPress para bloggers?

Embora as versões gratuitas dos plug-ins possam vir com anúncios ou menos ferramentas do que as versões pagas, são uma ótima forma de perceber como funciona o plug-in e de que forma se adapta às suas necessidades. Estes são os plug-ins mais úteis (e económicos) para bloggers.

1. Ninja Forms – Ajude o seu público e potenciais colaboradores a entrar em contacto consigo

A maioria dos leitores vai interagir com o seu conteúdo e links sem contactar diretamente consigo. No entanto, continua a ser importante ter uma página de contacto no seu site.

Potenciais colaboradores interessados em trabalhar consigo precisam de uma forma de chegar a si, e um formulário de contacto simples é a melhor solução.

Contudo, como é blogger e não programador, criar algo funcional e com estilo pode não ser a tarefa mais fácil. É aqui que os plug-ins de menu do WordPress e as ferramentas de criação de formulários de contacto, como o Ninja Forms, entram em ação e cumprem com a sua função.

Crie formulários de contacto detalhados e fáceis de usar, sem a necessidade de recarregar a página, o que pode, por vezes, levar os visitantes a desistir a meio do preenchimento de um formulário.

Além de gratuito, o Ninja Forms também é uma escolha popular graças às suas medidas de segurança. O seu site estará protegido contra spam. Menos tempo a eliminar e-mails inúteis significa mais tempo a criar conteúdo e gerir o seu site.

2. WooCommerce – Sinta-se à vontade com o e-commerce

O WooCommerce é o melhor quando se trata da incorporação de uma vertente de e-commerce no seu blogue. Quase 94% dos sites de e-commerce no WordPress usam o plug-in WooCommerce, portanto, é seguro dizer que este plug-in é altamente recomendado.

A criação de uma loja virtual já é difícil que chegue. Com leitores de todas as partes do mundo, os bloggers também precisam de considerar os diferentes sistemas fiscais e a logística envolvida no transporte. Em vez de perder tempo a descobrir se a sua matemática do liceu é suficientemente boa, instale o WooCommerce e deixe-o fazer todo o trabalho por si.

Outro ponto positivo é que o WooCommerce já está integrado noutras plataformas como o Facebook e o MailChimp, para que os bloggers possam comunicar informações acerca de vendas ou eventos especiais de forma rápida e eficiente.

3. MailChimp for WordPress – Newsletters simplificadas

Gerir newsletters pode ser complicado para os recém-chegados ao mundo do blogging. Uma coisa é acumular leitores e inscrevê-los para que recebam atualizações regulares. Mas como pode criar diferentes listas de correio para vários tópicos, ou mesmo para diferentes regiões?

A escolha óbvia (e surpreendentemente amiga da sua carteira) é o MailChimp. Este plug-in já é utilizado em milhões de sites do WordPress e é uma ótima forma de manter-se em contacto com os seus leitores.

4. Smush: Compressão e Otimização de Imagens – Melhore a velocidade da página e a experiência do utilizador

Outro aspeto importante a considerar ao trabalhar no seu site é mantê-lo acessível. Nem todos os seus leitores vão navegar pelo seu conteúdo com Internet de alta velocidade, e alguns podem até ter restrições de dados nos seus navegadores móveis.

Comprimir vídeos e imagens é uma ótima forma de garantir que as suas páginas carregam rapidamente, sem sacrificar o esforço dedicado à vertente visual.

Como muito sabem (e já passaram por isso), uma página que carrega lentamente é muitas vezes o motivo pelo qual um utilizador pode perder a curiosidade e deixar de querer visitar o seu blogue. Evite isto mantendo o seu site permanentemente otimizado e compatível com navegadores.

É aqui que entra o Smush. Sendo um plug-in gratuito, o Smush comprime automaticamente as suas imagens quando as carrega, para que saiba exatamente qual é o aspeto do ficheiro comprimido e possa fazer ajustes caso ache necessário. É o ajudante perfeito para qualquer blogger com muito conteúdo em formato de imagem.

5. Yoast – Simplifique a sua SEO

A otimização de motores de busca (SEO) parece relativamente simples, certo? Basta escolher algumas palavras-chave, escrever alguns títulos e descrições cuidadosamente formuladas, e já está! Era bom que fosse assim tão fácil.

O Yoast não só ajuda com aspetos básicos como aestruturação correta do seu conteúdo, como também analisa cada página individualmente. Como está equipado com a análise de páginas para a otimização de motores de busca (SEO), receberá conselhos sobre quantos links internos e externos deve usar, e se as suas palavras-chave estão colocadas no local correto.

O Yoast até ajuda a preparar os seus metadados, para que nenhuma pedra fique por virar. Assim que aparecer um ponto verde no topo da sua página, como se fosse um semáforo, significa que está pronto para publicar o site e garantir o seu lugar no topo dos resultados de pesquisa no Google.

Os cinco melhores plug-ins com subscrição para o WordPress

Como se costuma dizer, colhemos aquilo que semeamos. No caso dos plug-ins, às vezes vale a pena investir numa subscrição para obter o melhor serviço possível. Os seus leitores (e tráfego do site) vão agradecer-lhe.

1. EasyAzon – Monetize o seu conteúdo e maximize o seu tempo

Devido à sua agenda de conteúdos e quantidade de leitores, pode sentir que não tem muito tempo livre para gerir a parte administrativa do seu site. Isto pode ser especialmente acentuado quando está ocupado a criar conteúdo patrocinado ou a participar num programa de afiliados.

Se for um Afiliado Amazon, está com sorte! O EasyAzon simplifica o processo quando se trata de rentabilizar o seu conteúdo e até ajuda nas tarefas mais complicadas, como avaliar as comissões de leitores internacionais.

Adicionalmente, este plug-in ajuda a criar janelas divertidas, como textos pop-up com os detalhes de produtos, e até otimiza a forma como os seus leitores fazem compras na sua própria página na Amazon. Apesar de existir uma versão gratuita, a versão paga oferece mais algumas funcionalidades e, graças ao acréscimo nas conversões, paga-se a si própria.

2. Wordfence Security – Mantenha o seu site e subscritores seguros

O cibercrime já não é só um enredo de filmes maus dos anos 90, atualmente é uma situação que os bloggers enfrentam no dia-a-dia. Embora possa supor que o seu blogue recém-criado sobre antiguidades não será um alvo, a sua lista de e-mail pode ser um alvo chamativo.

Os hackers procuram fontes de dados vulneráveis, e sem a proteção adequada, o seu blogue e audiência podem parecer uma presa apetecível. De facto, o WordPress é um alvo cada vez mais popular entre os hackers por esta mesma razão.

Apesar da versão gratuita ser boa, a versão paga do WordFence Security vale o valor da subscrição. Mantém o seu site seguro e oferece uma gama incrível de ferramentas, como análise e procura de vírus e malware, firewalls e um sistema de alerta proativo por e-mail que o notificará assim que algo suspeito for detetado.

3. BlogVault – Cópias de segurança sem problemas

Infelizmente, já todos passámos por isto: o trabalho tem de ser entregue amanhã, mas de repente o computador falha e temos de começar tudo de novo. Agora imagine isto numa escala muito maior e mais dispendiosa.

Se o seu site no WordPress falhar ou for invadido, as perdas podem ser enormes: em conteúdo, esforço e, acima de tudo, tempo. Por este motivo, faz sentido investir num plug-in pago que crie cópias de segurança do seu conteúdo e que o mantenha seguro, impedindo que desapareça do mundo online.

Apesar de existirem algumas opções gratuitas, vale a pena investir dinheiro para dar ao seu blogue a cópia de segurança que ele merece. O BlogVault é altamente recomendado e não só oferece a essencial cópia de segurança num local diferente, como também suporta a recuperação do site e a migração, para ajudar a reconstruir a sua presença online.

4. Thrive Leads – Alcance mais leitores

Para um novo blogger, a quantidade de escolhas de apresentação de conteúdo pode ser ligeiramente avassaladora. Embora a criação de newsletters e atualizações para os seus leitores pareça bastante simples, existe uma boa razão para investir num plug-in que garanta que as suas comunicações contam com o máximo de eficácia possível.

O Thrive Leads é uma ferramenta de construção de formulários, onde apenas precisa de arrastar e largar, que oferece vários modelos à escolha e personalizáveis. Se quer expandir a sua lista de subscritores, por que não experimentar algumas opções diferentes e ver quais as que lhe proporcionam os melhores resultados?

Não precisa de adicionar o Google Analytics ao WordPress. Com o Thrive Leads, a testagem A/B é um processo simples e vai ajudá-lo a aperfeiçoar a forma como comunica, até que esteja confiante de que está sempre a atingir os objetivos.

5. Broken Link Checker – Mantenha os links e o interesse do leitor ativos

A desvantagem de criar muito conteúdo é que, por vezes, as publicações mais antigas não recebem o cuidado técnico que merecem. As hiperligações para sites de colegas bloggers são uma ótima forma de engajamento, mas se o site deles mudar pode acabar com links inativos que enviam os seus leitores para uma página de erro.

88% dos consumidores online muito provavelmente não regressam a uma página após uma má experiência de utilizador. Tendo isto em conta, os links inativos também podem ter um efeito negativo na saúde geral do seu site. O Broken Link Checker é uma grande ajuda na avaliação contínua dos links do seu site, ajudando-o a manter-se livre de quaisquer problemas.

Está pronto para começar a navegar pelos plug-ins do WordPress?

Agora que sabe que tipo de plug-ins podem ajudar o seu blogue, está pronto para visitar a biblioteca WordPress. Comece por tratar dos assuntos básicos e certifique-se de que encontra os plug-ins certos para ajudar a garantir a segurança do site, a velocidade da página e a otimização de motores de busca (SEO).

Criar alicerces sólidos é fundamental, e pode sempre adicionar plug-ins que se adaptem ao conteúdo e estilo do seu blogue mais tarde. 

Antes de os instalar, lembre-se de alguns aspetos. Certifique-se de que os plug-ins têm feedback positivo e estão atualizados. Não há nada pior do que instalar um plug-in e depois perceber que não é compatível com a versão mais recente do WordPress. Em segundo lugar, se existir uma versão gratuita do plug-in, experimente-a primeiro. Experimentar antes de comprar faz todo o sentido!

Agora que compreende melhor o mundo dos plug-ins e sabe quais são as ferramentas disponíveis para apoiar a sua plataforma no WordPress, está na hora de começar!