Noções básicas sobre blogues

Como ganhar dinheiro com o seu blogue: saiba como gerar rendimentos passivos

Martin Trauzold
Martin Trauzold
Última atualização junho 3, 202115 Minutos de leitura
Como ganhar dinheiro com o seu blogue: saiba como gerar rendimentos passivos

Ganhar dinheiro sem ter de trabalhar das 9h00 às 17h00 é o sonho de muita gente. Felizmente, o comércio eletrónico tem vindo a crescer a olhos vistos. Graças a este tipo de comércio, gerar rendimentos online (e de forma estável!) é bem mais fácil do que parece.

Nos Estados Unidos, prevê-se que os blogues consigam gerar mais de 6 mil milhões de libras, até 2022, devido ao marketing de afiliados. Assim sendo, é a altura ideal para tentar gerar rendimentos passivos online. É a sua vez!

Gráfico de barras azuis relativo aos rendimentos passivos. Captura de ecrã das despesas em marketing de afiliados nos Estados Unidos de 2010 a 2022.]

O que são os rendimentos passivos?

Os rendimentos passivos são, tal como o nome indica, rendimentos que pode gerar sem ter de investir o seu tempo ativamente em troca de um ordenado. O seu fluxo de rendimentos não depende de um período fixo de trabalho ativo (como um dia de trabalho no escritório). 

Em vez disso, basta-lhe criar um blogue ou investir em ações e ficar à espera que gerem lucros. É tentador, não é? Antes de começar, dê uma vista de olhos às nossas dicas sobre rendimentos passivos…Vão ser-lhe bastante úteis, especialmente se estiver a começar do zero!

Gerar rendimentos passivos do zero

Se deseja encontrar uma fonte de rendimentos passivos, tem imensas opções por onde escolher. Em primeiro lugar, pense: para que é que tem jeito? Quais são os seus talentos?

  • Artes visuais: Sabe tirar boas fotografias? Tem jeito para o design gráfico? Pode ganhar bastante dinheiro a vender fotografias para bancos de imagens ou modelos de design gráfico.
Cabeçalho sobre fontes de rendimentos passivos, retirado do site Self-Made Success. O site conta com vários exemplos de rendimentos passivos.
Cabeçalho com produtos feitos à mão, vendidos na Etsy, que podem gerar rendimentos passivos. Captura de ecrã de uma loja online.
  • Saúde e bem-estar: A saúde e desporto são também temas muito populares. Independentemente do conteúdo que quiser divulgar (sejam receitas saudáveis, dicas para fazer exercício, etc…), pode fazê-lo através de vídeos educativos ou vlogs. Ambos são excelentes opções!
Conta de Instagram com a fotografia de uma mulher a fazer desporto. Captura de ecrã sobre a obtenção de rendimentos passivos através da publicação de dicas sobre saúde e desporto.

Criar um blogue é uma das formas mais populares e acessíveis de conseguir um negócio lucrativo online. Produzir conteúdo sobre um dos seus temas favoritos pode fazê-lo aproveitar um nicho de mercado e, consequentemente, ganhar dinheiro!

Através de plataformas de criação de blogues, como a WordPress, é mais fácil do que nunca estabelecer uma presença online de forma simples e económica. Além disso, está mais do que provado que esta fórmula funciona: Os blogues WordPress têm mais de 400 milhões de visitantes por mês.

Gráfico das ações de mercado do sistema de gestão de conteúdos (CMS) da WordPress.

Graças às diversas opções disponíveis (plataformas de criação de blogues e serviços de alojamento online económicos e, por vezes, grátis), criar um blogue é a escolha mais natural para quem procura obter rendimentos passivos online. Fique pelo básico e comece sem ter de investir muito (ou mesmo nada!).

Como ganhar dinheiro com o seu site: fundamentos e os seus benefícios

Porque é que deve criar um blogue, em vez de optar por outras fontes de rendimentos passivos? Embora seja muito fácil começar, o mercado tem cada vez mais bloggers. Ainda assim, criar um blogue e personalizá-lo pode proporcionar-lhe benefícios bem evidentes, tais como:

Gráfico que compara a eficácia das diferentes estratégias de marketing.

Se planificar bem a sua estratégia de otimização de motores de busca (SEO) e colaborar com serviços como o Google Ads, os motores de busca ajudá-lo-ão a criar um público-alvo sem que tenha que fazer quase nada.

  • Criar uma relação de confiança entre si e os seus leitores: para criar um vínculo com os seus leitores, deve oferecer conteúdo informativo e regular. Geralmente, a publicidade feita pelos blogues não é evidente (a não ser que se trate de um blogue com uma fraca estrutura). Na verdade, a razão pela qual determinados conceitos (como o do marketing de afiliados) funcionam é, precisamente, porque há um determinado nível de confiança entre os bloggers e os seus leitores.

    Geralmente, os bloggers não recomendam um produto ou serviço qualquer, porque se preocupam com a reputação que têm. É por isso que os leitores costumam clicar nos links e levar as recomendações a sério.
  • Fortalecer a sua identidade digital: Se tenciona utilizar o seu blogue como trampolim para obter rendimentos extra, é primordial que produza conteúdo interessante e de alta qualidade. Com o potencial de crescimento ilimitado do seu público-alvo, bem como uma presença online controlada por si, o seu blogue será uma forma fantástica de criar redes de contactos e tornar-se popular ao ponto de conseguir obter lucros financeiros.

    Embora a beleza seja um tema que já não é novidade para ninguém, Kristina Bazan, blogger especializada nessa área, conseguiu destacar-se tanto que a sua presença online se acabou por converter numa colaboração lucrativa com a L’Oréal.
Captura de ecrã da colaboração entre a blogger Kistina Bazan e a L’Oréal.

Estes são apenas três das inúmeras vantagens de criar um blogue. Com o crescimento do comércio eletrónico e aumento da popularidade dos blogues, cada dia tem mais razões para optar por obter rendimentos passivos através da criação de um blogue.

De seguida, foque-se nas seguintes perguntas: de que forma pretende ganhar dinheiro com o seu blogue? Que passos precisa de seguir para começar a ganhar dinheiro?

Como ganhar dinheiro com o seu blogue e por onde começar

Assim que tiver decidido criar um blogue, é muito rápido começar. Quando estiver a fazer brainstorming, pense nisto: o tema do seu blogue deve interessá-lo verdadeiramente. Vai criar imenso conteúdo sobre esse tema. Por isso, convém que seja um tema que o apaixone e desperte realmente o seu interesse. 

Se quiser escrever sobre jogos de vídeo e já não jogar desde os seus tempos de adolescentes, criar conteúdo sobre este tema pode acabar por lhe parecer aborrecido e fazê-lo perder completamente o interesse. A boa notícia é: Quanto mais concreto for o seu tema, melhor. Uma vez que há cada vez mais bloggers, abordar um tema muito concreto vai ajudá-lo a destacar-se. 

Pode até criar um blogue sobre o fabrico de sabonetes, se isso despertar verdadeiramente o seu interesse. Não há nenhum tema que seja demasiado concreto.

Captura de ecrã do blogue “Lovin Soap”.

Assim que tiver seguidores, para além de ganhar dinheiro com o seu conteúdo criativo, pode ainda integrar anúncios de publicidade no seu blogue, através de banners e pop-ups. Este tipo de publicidade é conhecida como marketing de afiliados e baseia-se em redirecionar os seus leitores para determinados produtos.

Por fazê-lo, receberá uma comissão. O montante correspondente a essa comissão varia e depende também do sucesso das vendas do produto em questão. 

Além disso, pode transformar a sua rede de seguidores leais numa lista de distribuição de êxito. Se comunicar regularmente com os seus leitores, criará com eles uma relação que lhe permitirá recomendar-lhes produtos e serviços.

Captura de ecrã da página inicial da Mailchimp.

Seis dicas para ganhar dinheiro com o seu blogue

  1. Marketing de afiliados: Tal como mencionámos acima, o marketing de afiliados é uma forma fantástica de obter rendimentos graças ao seu conteúdo e presença online. Se aderir a um programa de afiliados, ser-lhe-á muito fácil identificar quais são os produtos que deve publicitar e de que forma pode dar-lhes a importância que merecem. 

Por exemplo, o Afiliados Amazon oferece-lhe diversas formas de redirecionar os seus leitores para as páginas de descrição dos produtos. Através de códigos, pode copiar e colar facilmente um anúncio de publicidade na sua página.

Também pode criar o seu próprio “SiteStripe” com a Amazon: basta iniciar sessão, escolher o produto que gostaria de recomendar e criar um link para o seu próprio blogue. É muito fácil.

Captura de ecrã da barra de ferramentas SiteStripe.
  1. Produtos e serviços: Em vez de colaborar com uma plataforma já estabelecida, como a Etsy ou iStock, o seu blogue também pode servir como local de armazenamento digital. Os plug-ins intuitivos da WordPress, como o WooCommerce, facilitam bastante este armazenamento.

    Além disso, não terá de pagar comissões a serviços de alojamento online. Além disso, tem maior controlo sobre a comercialização dos seus produtos, nomeadamente sobre as imagens e legendas descritivas.
Logótipo da WooCommerce.
  1. Livros eletrónicos e conteúdo educativo: Caso seja um especialista no tema que tiver escolhido, pode partilhar os seus conhecimentos com os leitores através de um serviço pago. Por exemplo, pode criar um livro eletrónico e vendê-lo através do serviço Amazon Kindle, o que lhe dará a possibilidade de atingir um público ainda maior.

    Também pode criar conteúdo educativo, como um curso de e-learning. Para criar uma relação de confiança entre si e os seus leitores, deve oferecer conteúdo informativo e regular. Será mais provável que invistam no conteúdo pago e cliquem nos links de afiliados se confiarem em si.
  2. Serviços de consultoria: Assim que conseguir ser considerado uma fonte de conhecimento fiável sobre o tema do seu blogue, pode até oferecer serviços de consultoria. As empresas tendem a subcontratar este tipo de serviços porque querem encontrar ideias novas… e, hoje em dia, os bloggers são uma opção muito procurada.

    Nem sequer precisa de qualificações ou formação na área. O sucesso do seu blogue é suficiente para provar que sabe de que é que está a falar. É um influencer instruído e competente, capaz de dar conselhos importantes em relação a determinado assunto.
  3. Newsletters: As newsletters são especialmente úteis para bloggers que escrevem sobre temas atuais ou em constante desenvolvimento. Por exemplo, para bloggers especializados em temas de caráter financeiro ou tecnológico, faz sentido criar uma newsletter para informar os leitores, semanalmente, das novidades da área, bem dar visibilidade a produtos e serviços importantes para lidar com essas mudanças.

    Ramit Sethi, autor do livro “I Will Teach You To Be Rich” (tradução livre: “Vou ensiná-lo a ficar rico”), recomenda que haja 80% de conteúdo criativo e que o conteúdo comercial seja limitado a 20%. Desta forma, os seus leitores não se sentirão sobrecarregados com publicidade nem perderão o interesse.
  4. Anúncios de publicidade: Se quiser tentar criar conteúdo antes de se comprometer com um programa de afiliados, pode ganhar dinheiro facilmente se tiver publicidade no seu site. Caso se foque em criar conteúdo e conseguir um grande número de seguidores, o seu site tornar-se-á uma opção atrativa para conteúdo pago, como banners ou anúncios de publicidade. 

A parte boa é que isto é fácil de conseguir. Pode usar programas como o Google AdSense ou Kontera para interagir com anunciantes adequados para o conteúdo da sua página. Assim que a publicidade estiver ativa, pode ganhar rendimentos estáveis graças aos visitantes da sua página que clicarem nos banners.

Dependendo do tema do seu blogue, há opções que fazem mais sentido do que outras. Há nichos para os quais faz mais sentido usar marketing de afiliados. Por exemplo, se for um blogger especializado em produtos de beleza, fácil para si incorporar no seu conteúdo links de produtos, e pode fazê-lo através de programas de afiliados como o Afiliados Amazon. Seja qual for a sua opção, mantenha o equilíbrio: ser blogger não é ser técnico de vendas.

Agora que já sabe como ganhar dinheiro online…

Por onde deve começar? A forma mais fácil de começar a gerar rendimentos passivos é através da criação de um blogue com a WordPress. A WordPress é uma plataforma fácil de utilizar e economicamente viável. É ideal para ficar com uma ideia de como é que um blogue funciona, sem ter de se comprometer muito a nível financeiro. 

Depois de ter encontrado o tema ideal para si e começado a produzir conteúdo, o passo seguinte passará por escolher o modelo financeiro certo para si. Quer opte pelo marketing de afiliados com a ajuda de um programa já estabelecido, como o Afiliados Amazon, ou prefira começar aos poucos, com a integração de anúncios de publicidade na sua página, vai começar a obter os rendimentos passivos que procura.

Conteúdo